sábado, 19 de dezembro de 2009

NATAL

Neste Natal, volte-se para seu interior e mentalize Jesus para receber vibrações de amor, deste maravilhoso dia, em que a mais de dois milênios, Deus Nosso Pai Amantíssimo nos enviou o Mestre do Amor e da luz, para iluminar as trevas da ignorância que até então se fazia sobre a Terra.
Não te deixes envolver pelas ilusões das comemorações exteriores, esquece os banquetes, as bebidas, as roupas luxuosas, os presentes. Feche os olhos, mentalize Jesus irradiando muita luz e deixe que esta luz te envolva, depois faça uma reflexão, veja quantas coisas ruins aconteceram, porque a maioria dos homens ainda estão envoltos pelas sombras geradas pelas ilusões da matéria; isso porque não bastam súplicas e desejos, pois é necessário trabalharmos pela edificação da paz, e veja se você procurou evoluir seu Espírito desde o ultimo Natal, para este ano apresentar-se melhor à grande festa da luz.
Neste dia tão especial, apresente-se ricamente não em vestes luxuosas, mas sim nas vestes do Amor e do Bem; alimente-se fartamente não em banquetes, mas sim de bom animo e coragem; bebe em abundância não bebidas alcoólicas, mas apenas do licor da alegria e da esperança; presenteie seus amigos com a paz e a harmonia, e pede para ti, que Jesus te de forças para subir um degrau na escada evolutiva da vida, para que no próximo Natal possa se apresentar diante dele um pouco melhor. Somente assim vivenciaremos corretamente o verdadeiro sentido do Natal.

Visite a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837
Visite o BLOG DO JOSÉBRAZ http://josebrazbraga.blogspot.com
TWITTER http://twitter.com/josebrazbraga

sábado, 5 de dezembro de 2009

“PAI NOSSO”

A prece do Pai Nosso é uma poesia ditada por Jesus. Formada de palavras simples, mas de significados profundos, elas contem todo o evangelho, assim como as sementes contem todo principio para formação da planta. Jesus compôs e nos ensinou, como meio mais simples e eficaz de dirigir-se a Deus.
É uma poesia, que mesmo em se passando o tempo, esta sempre atualizada, não tem palavras a mais nem a menos, palavras essas que tem ao mesmo tempo sentido humano e divino, simples e profundo, que satisfazem uma criança e também um sábio.
Em suas palavras, esta contido todo o cristianismo. Ao recitarmos esta sagrada poesia com amor, emitimos vibrações musicais e luminosas e imediatamente entramos em sintonia co o Pai Amantíssimo.
Essa magnífica poesia, de trinta palavras mais ou menos, contem as galáxias com todas suas estrelas, pois contem o amor.
Jesus, quando nos ensinou o Pai Nosso, mostrou o caminho que nos leva a Deus.
JOSÉ BRAZ BRAGA
Visite a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837

TWITTER http://twitter.com/josebrazbraga

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

FINADOS E DOUTRINA ESPÍRITA
O marco divisório entre o animal e o primeiro homem, ocorreu há cerca de 40.000 anos com o Homo Sapiens e o Homo Neanderthal, antes mesmo da agricultura, e é o início da história humana. O culto aos mortos foi se formando, a partir de época bem remota e está presente em quase todas religiões. As comunidades primitivas, acreditavam, que, sepultando seus mortos próximo dos campos agrícolas, seus espíritos ressurgiriam à vida com mais vigor, . Reverenciavam-se os mortos próximos aos túmulos, com festas e muita alegria, prática que se estendeu até hoje em algumas culturas. Os costumes dos povos primitivos foram se modificando devido à influência de outros, vindos, provavelmente, do norte da África (os Iberos) e do centro da Europa (os Celtas). É dos gauleses que vem a comemoração dos mortos, só que, em vez de comemorar nos cemitérios, entre túmulos, era no lar que eles celebravam a lembrança dos amigos afastados, eles evocavam a memória dos espíritos amados que algumas vezes de manifestavam por meio das druidisas (sacerdotisas) e dos bardos (poetas e oradores inspirados".
Os gauleses, portanto, não veneravam os corpos decompostos, mas a alma , e era em seus lares que celebravam a lembrança de seus mortos, longe dos cemitérios, diferentemente dos povos primitivos.
Porém, uma noite escura (dez séculos, idade média) desceu sobre a terra das Gálias, através da Igreja de Roma, que expulsou os druidas e impôs o Cristianismo clérico. Esses períodos históricos de frenética agitação, que proscreveu o espiritualismo e entronizou a superstição, o sobre natural, o milagre, a beatificação, a santificação e a definitiva alienização da consciência humana, levando-a ao analfabetismo espiritual. A história oficial da Igreja registra que foi no Mosteiro beneditino de Cluny, no sul da França, no ano de 998, que o Abade Odilon promovia a celebração do dia 2 de Novembro, em memória dos mortos, em 1311 foi sancionada, em Roma, mas foi Bento XV(1915) quem universalizou tal entre os católicos.
2 de Novembro, feriado nacional, com o objetivo de as pessoas poderem homenagear seus parentes e amigos falecidos. Nós, os espíritas, somos questionados sobre o tema: como o Espiritismo analisa o dia dos mortos? Respondemos a essa questão, da seguinte maneira: as religiões falham, excessivamente, no que tange aos ensinos das essenciais noções sobre a imortalidade da alma, muito embora haja uma ou outra que já tenha alguma noção do que seja. Mesmo assim, ainda insigne, se comparada aos ensinamentos de luz, ditados a Allan Kardec. ". Daí a razão pela qual, no dia dos finados, as pessoas se dirigem aos cemitérios como ai fosse a morada eterna daqueles que desencartam. "O Livro dos Espíritos" nos ensina o respeito aos desencarnados como um impositivo de fraternidade, sem que materializemos esse sentimento frente aos túmulos, nem que tais lembranças ou homenagens sejam realizadas em um dia especial, oficialmente estabelecido.
Nos dias de hoje, essa celebração se desviou, e muito, do ritual religioso, transportando-se do foco sentimental e emocional para o comercial, uma vez que o comércio de flores, velas, santinhos, escapulários, e a eventual preocupação para a conservação dos túmulos (normalmente, só são lembrados em Novembro) respondem por esse protocolo social. O zelo com que são cuidados os túmulos só tem algum sentido para os encarnados, que, aliás, devem se precaver para não criarem um estranho tipo de culto.
A homenagem à memória de um homem de bem, "são justas e de bom exemplo", o desejo de perpetuar a própria memória nos monumentos fúnebres vem do derradeiro ato de orgulho . “A suntuosidade dos túmulos , ainda faz parte do orgulho dos parentes, que querem honrar-se a si mesmos. Apegamo-nos ao formalismo material e desprezamos a essência do ser, motivo pelo qual obrigou Jesus a se expressar aos escribas e fariseus da sua época:” sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos de cadáveres e de toda espécie de podridão".
Benfeitores afirmam que os chamados "mortos" são sensíveis à saudade dos que os amavam na Terra e que, de alguma forma, a sua lembrança aumenta-lhes a felicidade, mas o dia dos "finados", atestam que é um dia como outro qualquer, até porque os espíritos são sensíveis aos nossos pensamentos, não às solenidades humanas. O pensamento é uma força, um atributo característico do ser espiritual; “é ele que distingue o espírito da matéria; sem o pensamento o espírito não seria espírito. O pensamento age sobre os fluídos ambientes. Assim, pela comunhão de pensamentos, os homens se assistem entre si e, ao mesmo tempo, assistem os Espíritos e são por estes assistidos, portanto, uma prece feita em sua intenção vale muito mais., do que a\tos exteriores, pois no momento em que o Espírito chega a um certo grau de perfeição não tem mais a vaidade da sociedade humana e compreende a futilidade de tais solenidades, mas há Espíritos que, no primeiro momento da morte, gozam de grande satisfação com as honras que lhes tributam, ou se desgostam com o abandono a que lançam o seu envoltório, pois conservam ainda alguns preconceitos deste mundo. Reflitamos juntos: o dia 02 de Novembro é consagrado aos falecidos libertos ou aos mortos que ainda estão jungidos à vida material? Existem duas possibilidades de mortos: os que se”. sentem totalmente livres do arcabouço carnal, porém "vivos" para uma vida espiritual plena, e os que permanecem com a sensação de que, ainda, estão encarnados, porém "mortos" para a vida física, pois somente vivenciam, na espiritualidade, a vida animal. " Para o mundo, mortos são os que despiram a carne; para Jesus, são os que vivem imersos na matéria, alheios à vida verdadeira que é a espiritual. É o que explica o ensinamento evangélico, em que a pessoa prontificou-se a seguir o Mestre, mas antes queria enterrar seu pai que havia falecido, e Jesus conclamou" - "Deixai aos mortos o cuidado de enterrar seus mortos, tu, porém, vai anunciar o Reino de Deus".
A visitação aos túmulos é um ato exterior, que evoca a lembrança dos entes queridos desencarnados e é a maneira de as pessoas demonstrarem a saudade e o carinho que sentem por eles, mas só terá valor, se essa atitude for realizada com boa intenção., não é condenável, mas desnecessária, até porque o falecido não se encontra no cemitério, podendo ser lembrado e homenageado através da prece, a qualquer momento e em qualquer lugar.
É óbvio que “faz sentido rememorar com alegria e não lastimar os que já partiram, e que estão plenamente vivos. Finados é uma mistura de alegria e dor, de presença-ausência, de festa e saudade. Aos que ficamos por aqui, cabe-nos refletir e celebrar a vida com amor e ternura. Aos que partiram, nossa prece, nossa gratidão, nossa saudade, nosso carinho, nosso amor. Se formos capazes de orar, com serenidade e confiança, transformando a saudade em esperança, sentiremos a presença dos parentes e amigos desencarnados entre nós, envolvendo-nos o coração com alegria e paz. Por esta razão e muitas outras, façamos do dia 2 de Novembro um dia de reverência à vida, lembrando carinhosamente os que nos antecederam de retorno à pátria espiritual, e também os que conosco ainda jornadeiam pelos caminhos da existência terrena”.

sábado, 10 de outubro de 2009

MARIA DE NAZARÉ MÃE SANTÍSSIMA

-"Mãe, eis ai teu filho!..."- E dirigindo-se, de modo especial, com um leve aceno ao apóstolo disse:
-"Filho, eis ai tua mãe!" (João XIX, 26 e 27)
Aos pés da cruz, Maria estava com o pensamento ansioso e torturado, olhos fixos no madeiro, voltava o pensamento ao passado recordando toda a vida de seu filho e agora seu filho ali martirizado.Seu coração rebentava-se em tempestades de lagrimas, mas sua consciência, dizia:-"Faça-se na escrava a vontade do Senhor!" Angustiada, viu que Jesus agonizava, foi quando, João colocou as mãos sobre seus ombros, depois abraçou-a e ambos olharam em direção a cruz, e Jesus já quase sem forças, moveu a face e olhou para eles. Maria vendo que Jesus olhava disse:-"Meu filho! Meu amado filho!...". Cristo no auge do sofrimento, olhou para Maria e disse:-"Mãe eis ai teu filho!..."E dirigindo-se de modo especial, com leve aceno, a João disse:-"Filho, eis ai sua mãe!..."Maria chorou muito, mas João, compreendeu que o Mestre ensinava o amor universal, não só para os familiares, mas também para todos os necessitados de amparo.Passado algum tempo, João procurou Maria e ofereceu o refugio de sua proteção e ambos foram morar em uma humilde casinha, distante 18 Km ao sul de Éfeso, em uma colina de onde se avistava o mar.Na sua humilde casinha, Maria morou muitos anos, enquanto João ensinava o Evangelho, ela falava de suas lembranças de Jesus, recebia os necessitados e os consolava com sua palavra materna. Sua morada passou então a ser conhecida como "Casa da Santíssima".Passados muitos anos, Maria já idosa, estava à porta de sua casa a meditar, quando viu aproximar um pedinte que lhe disse:-Minha mãe, eu venho fazer-te companhia e receber tua benção.Maria convidou-o a entrar, ficou muito impressionada com aquela voz.O pelegrino lhe falou do céu confortando-a, suas palavras tinham um balsamo especial que envolvia seu coração, foi neste instante que o mendigo lhe estendeu as mãos e falou: "Minha mãe vem aos meus braços!"Neste instante Maria olhou as mãos e reconheceu que era seu filho.
-"Minha mãe, vem aos meus braços!"
Neste instante, Maria olhou as mãos do mendigo e viu as marcas dos cravos do suplicio da cruz e reconheceu que aquele era seu filho Jesus que voltara e muito feliz disse:
-"Meu filho! Meu filho! As chagas que te fizeram!"
Foi em sua direção tocando as marcas de suas mãos e abraçou-o.
Maria quiz ajoelhar-se diante de Jesus, mas ele não deixou, ele sim que se ajoelhou aos pés dela e beijou as suas mão e disse:
-"Sim mãe sou eu!... Vim te buscar, pois meu Pai quer que seja no meu Reino a RAINHA DOS ANJOS..."
Após este instante, Maria cambaleou, entrou em estado de êxtase, seu corpo paralisou e seus ouvidos passaram a ouvir o coro dos anjos que cantavam para ela.
Noutro dia, João que se encontrava na cidade de Éfeso foi avisado, voltando para assistir os ultimos instantes da sua devotada Mãe Santíssima.
Maria não mais falou, com fisionomia serena, por varias horas esperou o desligamento dos laços que a prendiam a vida física.
Depois de rompidos os laços, Maria pediu aos anjos que a levassem onde estavam todas as pessoas que sofriam por amor a Jesus e sobre todas elas derramou um balsamo consolador.
Após, a caravana de anjos a conduziu ao Reino das Luzes Resplandecentes do Mestre, a nossa MÃE SANTÍSSIMA.
Quando ouvirdes um cântico de louvor à nossa MÃE SANTÍSSIMA, fazei silêncio, para que ela espalhe ai o seu balsamo e o seu perfume.

Bibliografia: Bilia Sagrada
Boa Nova Francisco Cândido Xavier

sábado, 3 de outubro de 2009

ESPÍRITAS, JESUS É O SOL DE PRIMEIRA GRANDEZA.
Nós possuímos o Sol essa estrela de quinta grandeza,mas também temos dois sóis, Allan Kardec é o Sol da nossa vida, mas Jesus é o sol de primeira grandeza.... A quem dizemos: aquece-nos Jesus, a nós botões de rosas que desejamos desabrochar para receber o aroma de tua mensagem na Terra. Tu és o nosso sol, vem ter conosco Jesus, pois se contigo debatemos na aflição e permanecemos na ignorância, sem ti mergulhamos no caos. Aquece-nos Senhor, para sermos dignos do teu inefável amor.
Espíritas do mundo aqui reunidos, tende como templo o Universo, como disse Leon Deni, o apóstolo do espiritismo francês, mas conduzi Jesus em vossos corações, em vossas palavras, em vossos atos. Semeai a caridade inapagável da Doutrina Espírita, onde fordes deixei que ela brilhe, por intermédio de vós. Sois agora mensageiros da luz do mundo, fazei que a doutrina de liberdade, que vibra e que pulsa em vós, encontre outros continentes de almas para conquistar. Não arrolheis dificuldades, não adoteis desafios, não aponteis fracassos, a experiência resulta das tentativas de acerto e de erro. Em qualquer situação amai, em qualquer desafio perseverai no bem, caluniados jamais caluniadores, agredido nunca agressores, perseguidos não perseguidores.O Mestre espera por vós. O missionário Allan Kardec, a quem homenageamos neste momento, nos inspira e vos guia em nome de Jesus.Sedes fiéis até o fim, e ide em paz.
Que o Senhor de bênçãos vos abençoe a todos, a todos nos abençoe.
Em nome dos Espíritos Espíritas aqui presentes, de varias pátrias, abraço os corações de todos vós.
O servidor humílimo e fraterno.BEZERRA.MUITA PAZ!Mensagem psicofonica do Espírito, DOUTOR Bezerra de Menezes por ocasião do quarto Congresso Espírita Mundial, realizado na cidade de Paris no ano de 2004.
VISITE OS SITES
http://usespbr.ning.com/profile/josebrazbraga
http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837
http://groups.google.com.br/group/cristianismo-redivivo-espirita/manage_appearance

sábado, 5 de setembro de 2009

ESPIRITISMO E ESPIRITUALISMO
Todas as religiões que admitem a vida espiritual após a morte do corpo físico são classificadas de espiritualista.É evidente que isso não implica na crença dos espíritos e suas manifestações. Mas para evitar qualquer tipo de equivoco, e diferenciar os seguidores da Doutrina Espírita, Allan Kardec criou o termo "espiritismo", que até então não existia,portanto os seguidores da Doutrina Espírita, são denominados espíritas. Todo espírita é sem dúvida um espiritualista, mas nem todo espiritualista é necessariamente um espírita. Por isso Kardec criou este nomes, ele queria diferenciar os seguidores da nova doutrina de outras já existentes. Somente os seguidores da doutrina de Kardec são espíritas, os seguidores de outras religiões que acreditam na vida espiritual são espiritualistas.Visite a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA http://www.orkut.com.br/community.aspx?cmm=46699837Visite

sábado, 22 de agosto de 2009

“Ser espírita é ser cristão genuíno, com a obrigação de pautar a vida pelos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo”.

“Ser espírita é ser cristão genuíno, com a obrigação de pautar a vida pelos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo”.A verdade, a não ser em Jesus Cristo, não se personifica em ninguém.As palavras mais importantes proferidas até hoje sobre a face da terra são as de Jesus Cristo.Toda atividade doutrinária que se afaste da vivencia do Evangelho, concorre para a elitização do Espiritismo.Existem espíritas que, pela sua falta de comprometimento com o Evangelho, prestam um desserviço a si mesmos e à causa.O espírita deve prosseguir, servindo, com desinteresse aos propósitos do Evangelho.Ser espírita é mais importante que ser médium, todavia ser cristão é essencial.Muitos centros espíritas têm doutrina, mas não tem Evangelho e, senão tem Evangelho...O Espiritismo sem Jesus não sobreviveria: estaria fadado a ser uma doutrina filosófica, como tantas outras que não promovem a renovação moral das criaturas.O movimento espírita é dos homens; a doutrina espírita é a do Evangelho de JESUS.O Evangelho de Jesus, é absolutamente necessário. Apenas os ensinamentos de Jesus são “palavras de vida eterna”.O aspecto religioso da Doutrina, por atender às nossas necessidades imediatas, é o mais importante.Espiritismo é ”EVANGELHO”, e pronto!O ESPIRITISMO COM JESUS É TUDO! SEM JESUS É NADA! ESPIRITISMO É CRISTIANISMO!Palavras de Francisco Cândido XavierBibliografia : Livros O Espírito de Chico Xavier, e Chico Xavier Responde autoria do médium Carlos A. Bacelli, Livraria Espírita Edições “Pedro e Paulo”, Uberaba M.G

domingo, 9 de agosto de 2009

PAI NOSSO

Pai Nosso, que estás nos Céus,
Na luz dos sóis infinitos,
Pai de todos os aflitos
Deste mundo de escarcéus.

Santificado, Senhor,
Seja o Teu nome sublime,
Que em todo o Universo exprime
Concórdia, ternura e amor.

Venha ao nosso coração
O Teu reino de bondade,
De paz e de claridade
Na estrada da redenção

Cumpra-se Teu mandamento
Que não vacila nem erra,
Nos Céus, como em toda Terra
De luta e de sofrimento.

Evita-nos todo o mal,
Dá-nos o pão do caminho
Feito da luz, no carinho
Do pão espiritual.

Perdoa-nos, meu Senhor,
Os débitos tenebrosos,
De passados escabrosos,
De iniquidade e de dor.

Auxilia-nos também,
Nos sentimentos cristãos,
A amar nossos irmãos
Que vivem longe do bem.

Com a proteção de Jesus,
Livra a nossa alma do erro,
Sobre o mundo de desterro
Distante da vossa luz.

Que vossa ideal igreja
Seja o altar da Caridade
Onde se faça a vontade
De vosso amor...

Assim seja.

Monsenhor Horta

Psicografia de Chico Xavier

sábado, 25 de julho de 2009

LEVANTE-SE, TOME SUA CRUZ E SIGA-ME
Dirigindo-se depois a todos, Jesus disse: “Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz, dia após dia e siga-me. (Lucas 9, versículo 23)”.
È importante reconhecermos nossos defeitos e ter vontade de consertá-los. Culpar-se ou punir-se, também é um erro. Tenha bom animo e supere seus limites. Todos temos dificuldades, mas não lamentemos, para não desanimarmos e adiarmos a superação dos obstáculos. Às vezes precisamos cair para aprendermos a se levantar. Permanecer no chão é um erro. É de natureza do homem que esta em processo evolutivo (de aprendizagem) cair, mas, se ao invés de se levantar, permanecer no chão, fazendo-se de vitima, a espera de alguém que o levante, ficara por muito tempo debatendo-se na dor.Mas o mérito para nossa evolução, esta justamente em levantarmo-nos sozinhos e seguir em frente sem desanimar. A reforma intima que nos leva a evolução, vem pelo esforço e trabalho e conseqüentemente nos trará a felicidade pelo dever cumprido.
Seguir os ensinamentos de Jesus, não é ficarmos caídos e chorando,mas sim pegarmos a nossa cruz, que são os nossos defeitos e os nossos problemas, levantarmos arregaçarmos as mangas e colocarmos as mãos no trabalho para que possamos superar nossas imperfeições e ajudarmos o próximo, rumo a nossa caminhada em direção a perfeição, ao amor e a luz de Deus Nosso Pai Amantíssimo.

domingo, 19 de julho de 2009


"O COSOLADOR", PROMETIDO POR JESUS
O Espíritismo é o "CONSOLADOR" prometido, enviado por Jesus, para nos ensinar todas as coisas que o Mestre não poderia dizer, quando de sua passagem pela terra, pois o povo daquela época não se encontrava preparado para compreende-las, e também restaurar as que foram modificadas, ou disvirtuadas, trazendo de volta o CRISTIANISMO PRIMITIVO, praticado pelos apóstolos, por isso, cristianismo e espiritismo, são uma só e mesma coisa.
A igreja primitiva cristã, foi restaurada, quando a humanidade, ou seja, uma parte dela, já se encontrava preparada para as lições do "CONSOLADOR", foi por volta do ano de 1850, que "O ESPÍRITO DA VERDADE, através da codificação de "ALLAN KARDEC", começou o movimento espirita para restaurar a pureza doutrinária da igreja primitiva dos apóstolos e trazer novos ensinamentos conforme prometeu o Mestre Jesus.
Na "DOUTRINA ESPÍRITA" codificada por "ALLAN KARDEC", não existe o culto exterior (velas, defumadores, oferenda de coisas materiais para espíritos desencarnados, despachos, pontos, altares, rituais mágicos, missas, terços, rosários, promessas, procissões, venda de indulgências ou lugar no céu), pois o espiritismo codificado por "ALLAN KARDEC" é a doutrina da fé raciocinada, baseada no evangélho de Jesus, que nos pede para praticarmos o culto interior, através dos bons pensamentos, do perdão, do amor a Deus e ao próximo, da caridade, da fé, da piedade, da humildade e da prece.

Visite o site da USE
http://usespbr.ning.com/profile/josebrazbraga
Visite a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA
http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837

domingo, 12 de julho de 2009

COMPETIÇÃO NÃO!

Jesus disse:-"Porque todo o que se exalta será humilhado, e todo o que se humilha será exaltado". (LUCAS XIV-11) Mas Jesus os chamou a si e lhes disse:-Sabeis que o príncipe das nações domina os seus vassalos, e que os maiores exercitam sobre eles o seu poder. Não será assim entre vós; mas aquele que quiser ser o maior, esse que seja o vosso servidor, e o que entre vós quiser ser o primeiro, seja o vosso escravo; assim como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir, e dar a sua vida em redenção de muitos.O desejo de competir, de desejar ser o primeiro,de passar na frente, ser maior que os outros,esse desejo nasce do orgulho, da vaidade e do egoísmo que esta arraigado em nosso íntimo. A falange de Espíritos trevosos, que não deseja nossa evolução moral, estão infiltradas em todos os segmentos sociais, tentando propagar a imagem de que a competição é uma coisa sadia e boa, o que não é verdade. A competição entre as pessoas, as raças,os segmentos sociais, os povos é a causa geradora de todas as guerras, conflitos, preconceitos, ódios... O espírito de competição,embutido na sociedade, na mídia, no esporte, nas escolas etc.., é na verdade um grande mal para a evolução do caráter do ser humano e como consequência atrasa a evolução da humanidade como um todo. Jesus ensinou claramente que para nossa evolução espiritual, devemos substituir este desejo de querer ser o primeiro (competir), que nasce do egoísmo e do orgulho; pelo desejo de servir (cooperar). Se quisermos melhorar o relacionamento entre os homens e a paz, devemos eliminar a competição e promovermos a cooperação entre os homens. Cristo foi muito claro ao dizer:- "Aquele que quiser ser o maior, esse que seja o servidor"

sábado, 11 de julho de 2009

“A VIDA”, PRIMEIRO DIREITO HUMANO

Não matarás. (Livro do Êxodo 20, vers.13)
Jesus disse: Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim para destruí-los, mas par dar-lhes cumprimento. Porque em verdade vos digo que o céu e a Terra não passarão, até que se cumpra tudo quanto esta na lei, ate o ultimo jota e o ultimo ponto. (Mateus,V:17-18)
Há duas partes distintas na lei mosaica: a lei de Deus, promulgada sobre o monte Sinai, e as leis civis ou disciplinares, estabelecidas por Moisés.uma é imutável; a outra é apropriada ao povo e aos costumes daquela época, e se modificou com o tempo.
Jesus não veio destruir a lei, ou seja a lei de Deus, e sim desenvolvê-la, dar-lhe o verdadeiro sentido e apropriá-la ao grau de adiantamento dos homens.Por estas palavras:”O céu e a terra não passarão, enquanto não se cumprir o ultimo jota”. Jesus quis dizer que é necessário que a lei seja cumprida e praticada sobre toda a terra, com todos os seus desenvolvimentos e todas as suas conseqüências.
O Livro dos Espíritos, pergunta 880.Qual é o primeiro de todos os direitos naturais do homem?
-O de viver. É por isso que ninguém tem o direito de atentar contra a vida ou fazer qualquer coisa que possa comprometer a sua existência corpórea.
Kardec em o Livro dos Espíritos, questão 877 e 878 nos ensina que os direitos naturais são os mesmos para todos os homens e que a primeira de todas as obrigações é a de respeitar o direito dos semelhantes e quem respeitá-los será sempre justo.
Pergunta 358.O aborto provocado é um crime, qualquer que seja a época da concepção?
-Há sempre crime quando se transgride a lei de Deus. A mãe ou qualquer pessoa cometera sempre um crime ao tirar à vida da criança antes do seu nascimento, porque isso é impedir a alma de evoluir, pelas provas que o corpo deveria ser o instrumento.
A lei do antigo testamento está personificada em Moisés; a do novo testamento, em Cristo. O Espiritismo é a terceira revelação da lei de Deus. Mas não esta personificada em ninguém porque ele é o produto do ensinamento dos bons Espíritos do Senhor, supervisionados pelo Espírito da Verdade, o Consolador prometido por Jesus.Portanto também diz o Espiritismo: “Eu não venho destruir a lei cristã, mas dar-lhe cumprimento”.
O Espiritismo é a favor do mais elementar de todo os direitos, ou seja,o direito a vida.
ABORTO NÃO! PENA DE MORTE NÃO! EUTANAZIA NÃO! SUÍCIDIO NÃO!
“VIDA, VIDA SIM!”

sábado, 4 de julho de 2009

“FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO”
Jesus disse: Por isto te digo que os seus muitos pecados são perdoados, porque muito amou. Mas aquele a quem pouco é perdoado, pouco ama. (Lucas VII,vers,47)
O Espiritismo, sendo o Cristianismo Redivivo, veio ao mundo para restabelecer as verdades evangélicas e dizer: “Fora da Caridade não há salvação”, ou seja, fora do amor incondicional, que procura somente fazer o bem, seja a quem for e em qualquer situação que se encontre, não há salvação.
Jesus o Divino Emissário do Amor, veio nos mostrar, que a única moeda que tem o poder de pagar nos pecados junto a Deus é o amor em forma de caridade.
Devemos expandir nosso conceito de amor e termos consciência de que a humanidade é a nossa família, o próximo nosso irmão e o planeta Terra nosso lar.

Visite o site da USE http://usespbr.ning.com/profile/josebrazbraga
Visite a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837

sábado, 20 de junho de 2009

PAI NOSSO AMANTÍSSIMO

"Pai nosso que estais nos céus; santificado seja o vosso nome:"Pai de amor e bondade, derramai sobre todos nós as bençãos do trabalho que equilibra o amor da caridade que conforta; e a caridade do amor que ilumina; e também, Senhor, se for hora, favorecei-nos com a vossa sabedoria, porém com humildade."Venha a nós o Vosso reino, faça-se a Vossa vontade, assim na terra como no céu."Que o Vosso reino apareça entre os homens, pela Vossa excelsa misericórdia, despertando em cada coração os sentimentos mais puros que ali dormitam, fazendo que o reino da Boa Nova se instale simbolo da vida e que a Vossa vontade seja lei em toda a terra, e a Vossa paz um clima permanente em toda a vida."O pão nosso de cada dia dai-nos hoje;"Suprema inteligência do universo, abençoai nossos caminhos e deixai que o Suprimento Divino farte as necessidades humanas, para que, envolvidos nessa força misericórdiosa do amor, possamos entender um Pai tão justo e bom, que antes ignorávamos. Pedimos que nos dai hoje, todavia, Vós sabeis as nossas necessidades."E perdoai as nossas dívidas, asim como nós temos perdoado os nossos devedores;"Inteligência Maior, causa primária de todas as coisas, pelo Vosso amor para com os espíritos que criastes, perdoai as nossas faltas, não as tirando como num passe de mágica, mas dando-nos a oportunidade de resgata-las.Permite que fiquemos livres de nossos ofensores, transformando-os em companheiros do nosso coração para a jornada de cada dia."E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal; porque Vosso é o reino o poder e a glória, para sempre. Asim seja."Soberano Arquiteto do Universo, criastes leis para nos proteger, ampliastes conceitos, através dos Vossos emissários, para nos amparar, e restabelecestes no mundo íntimo de cada ser, uma consciência, para nos guiar. Mas permite Pai Celestial, que possamos compreender Vossas leis e obedece-las.Permite, Senhor, que possamos sentir os vossos conceitos e vive-los.Porque Vós sois o poder, o reino e a glória.VISITE A COMUNIDADE CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837

domingo, 14 de junho de 2009

FALSOS PROFETAS

Caríssimos, não acrediteis em todos Espíritos, mas provai se os Espíritos, são de Deus, porque muitos são os falsos profetas que se levantarão no mundo.(João Epistola cap. IV vers.1)Os falsos profetas também existem e em um número muito maior entre os Espíritos orgulhosos que, fingindo amor e caridade, semeiam a desunião e retardam o trabalho de evolução da humanidade, ensinando os seus conceitos através de médiuns que os servem.Esses falsos profetas, para melhor fascinar os que desejam enganar e para dar maior importância a suas idéias, disfarçam-se com nomes respeitáveis que os homens só pronunciam com respeito.São esses Espíritos enganadores que semeiam discórdias entre as pessoas e os grupos espíritas com a finalidade de atrasar a evolução espiritual da humanidade pois eles sabem que o dia em que a Terra , deixar de ser um planeta de expiações, eles serão automaticamente expulsos para um planeta inferior, por força da lei da sintonia, pois tais Espíritos são lobos vorazes disfarçados em pele de ovelha como disse Nosso Senhor Jesus Cristo em seu evangelho.Repeli todos esses Espíritos que se manifestam como conselheiros exclusivos, pregando a divisão, o isolamento, as brigas e as intrigas entre as pessoas, as famílias e principalmente entre os grupos espíritas pois as trevas querem sempre destruir a SEARA DA LUZ, pois o principal objetivo desses Espíritos trevosos e enganadores,é impedir a evolução da humanidade pois sabem que quando isso acontecer toda a sua legião será definitivamente expulsa do planeta e a Terra se transformara em um mundo de regeneração onde somente o bem prevalecera.Desconfiai das comunicações que se caracterizam pelo misticismo e a extravagância, ou que prescrevem cerimônias e praticas estranhas.Os Espiritos de luzes mais sérios, rapidamente farão desmascarar o que falam esses espíritos enganadores, pois as trevas jamais poderão vencer a luz. No Cristianismo Redivivo Espírita não existe pratica de rituais, se adora Deus, não em templos de pedras, mas sim em Espírito e Verdade.

sábado, 13 de junho de 2009

LIÇÃO DE HUMILDADE

Na véspera da crucificação, estando junto de seus apóstolos para a ceia pascal, em certo momento Jesus despiu sua túnica e colocou uma toalha em torno dos rins, à moda dos escravos que ficavam a serviço de ses senhores e em silêncio, tomou um vaso de agua perfumada e ajoelhando-se, começou a lavar os pés dos discípulos e neste ato de suprema humildade, Jesus repetiu o eterno ensinamento:- Vós me chamais de Mestre e Senhor e dizeis bem, porque eu o sou. Se eu, Senhor e Mestre, vos lavo os pés, deveis igualmente lavar os pés uns dos outros no caminho da vida, porque no Reino do Bem e da Verdade o maior sera aquele que se fez sinceramente o menor de todos.Se quizermos ser um cristão verdadeiro, temos que procurar fazer diariamente a reforma íntima, procurando eliminar o orgulho, o egoismo, a arrogância, a vaidade que existem em nosso interior.No Cristianismo Redivivo Espírita, não existe hierarquia, não existe maior nem menor, porque somos todos iguais, pequeninos servidores na seara evangélica do bem, todos irmãos, e nosso Mestre é Jesus.Na seara espírita, devemos procurar ser humildes servidores, praticando a caridade e termos consciência que o Mestre Jesus através de seu evangelho é o Caminho para chegarmos a Deus nosso Pai Amantíssimo.

domingo, 31 de maio de 2009

O MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO

“Tornou pois a entrar Pilatos no pretório, e chamou a Jesus e disse-lhe: Tu és o Rei dos Judeus? Respondeu-lhe Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino foste deste mundo, certo que os meus ministros haviam de pelejar para que eu não fosse entregue aos judeus; mas por agora o meu reino não é daqui. Disse-lhe então Pilatos: Logo, tu és rei. Eu não nasci nem vim a este mundo senão para dar testemunho da verdade; todo aquele que é da verdade ouve minha voz”
JoãoXVII, versículo 33 ao 37
Por essas palavras Jesus se refere claramente à vida futura, que ele apresenta, em todas as circunstâncias, como o fim a que se destina a humanidade e como devendo essa vida futura, no mundo espiritual, ser o objeto das principais preocupações do homem sobre a terra. Todos os seus ensinamentos se referem a este grande principio ou seja sem uma vida espiritual futura, com efeito, a maior parte dos seus ensinamentos de moral não teriam nenhuma razão de ser. E é por isso que os materialistas que não crêem na vida espiritual, após a morte do corpo material grosseiro, não o compreendem.
A realidade da existência da vida espiritual futura é o ponto central do ensinamento do Cristo, e a vida espiritual futura deve ser a meta de todos os homens.
Jesus, através do evangelho, veio revelar que existe outro mundo, o mundo espiritual, onde a justiça de Deus se realiza, onde os bons são recompensados ou seja o Reino do Amor e Luz, onde ele se encontra neste momento e com suas emanações de Amor e Luz envolve a Terra.
Jesus,entretanto, devido a incapacidade de compreensão do povo da época, não lhes deu o ensinamento completo, limitou-se colocar á vida espiritual como uma lei da natureza da qual ninguém pode escapar.Todos os cristãos, portanto, católicos ou de qualquer seita protestante, crêem na vida espiritual futura, mas faz uma idéia muito vaga, incompleta e até mesmo incorreta da vida espiritual. Para a grande maioria é apenas uma crença, sem nenhuma certeza decisiva e daí a dúvida da existência do mundo espiritual.
O verdadeiro cristão, tem a certeza da vida espiritual.
O Espiritismo veio completar, nesse ponto, assim como em muitos outros o ensinamento de Cristo. Quando uma pequena parcela dos homens já estava preparada, Jesus enviou o Espírito da Verdade,O Consolador prometido para relembrar e ampliar os ensinamentos sobre a vida espiritual e o mundo dos Espíritos.
A descrição da vida espiritual futura é de tal maneira detalhada nas obras espíritas,que nos mostra que devemos fazer a Reforma Íntima através do estudo e pratica do evangelho de Jesus para sermos felizes.
A morte do corpo físico é apenas uma passagem do Espírito, deste mundo de matéria densa para o plano espiritual onde a vida continua.

domingo, 24 de maio de 2009

O GRANDE DIFERENCIAL,"É O AMOR"

O ódio não nos separa, ao contrário, nos acorrenta uns aos outros, nos une ainda mais, estabelecendo vínculos impossíveis de serem desfeitos, a não ser pelo perdão e por atitudes de amor incondicional.
As vezes não perdoamos, nem as pessoas mais próximas, por coisas que imaginamos que nos fizeram, é o nosso orgulho e egoísmo que fala mais alto em nosso coração. Quando nos magoamos por motivos banais, apenas estamos refletindo o nosso interior doentio, a cura é o perdão.
Sómente quando nos amamos mutuamente, quando estamos conscientes que devemos amar até nossos inimigos é que estamos realmente livres para proseguir a caminhada, da reforma íntima, rumo a verdadeira felicidade.
"O grande diferencial entre as pessoas é o amor"

sábado, 23 de maio de 2009

COMPETIÇÃO NÃO!, COOPERAÇÃO SIM!

Jesus disse:-"Porque todo o que se exalta será humilhado, e todo o que se humilha será exaltado". (LUCAS XIV-11) Mas Jesus os chamou a si e lhes disse:-Sabeis que o príncipe das nações domina os seus vassalos, e que os maiores exercitam sobre eles o seu poder. Não será assim entre vós; mas aquele que quiser ser o maior, esse que seja o vosso servidor, e o que entre vós quiser ser o primeiro, seja o vosso escravo; assim como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir, e dar a sua vida em redenção de muitos.O desejo de competir, de desejar ser o primeiro,de passar na frente, ser maior que os outros,esse desejo nasce do orgulho, da vaidade e do egoísmo que esta arraigado em nosso íntimo. A falange de Espíritos trevosos, que não deseja nossa evolução moral, estão infiltradas em todos os segmentos sociais, tentando propagar a imagem de que a competição é uma coisa sadia e boa, o que não é verdade. A competição entre as pessoas, as raças,os segmentos sociais, os povos é a causa geradora de todas as guerras, conflitos, preconceitos, ódios... O espírito de competição,embutido na sociedade, na mídia, no esporte, nas escolas etc.., é na verdade um grande mal para a evolução do caráter do ser humano e como consequência atrasa a evolução da humanidade como um todo. Jesus ensinou claramente que para nossa evolução espiritual, devemos substituir este desejo de querer ser o primeiro (competir), que nasce do egoísmo e do orgulho; pelo desejo de servir (cooperar). Se quisermos melhorar o relacionamento entre os homens e a paz, devemos eliminar a competição e promovermos a cooperação entre os homens. Cristo foi muito claro ao dizer:- "Aquele que quiser ser o maior, esse que seja o servidor"
COMPETIÇÃO NÃO!. COOPERAÇÃO SIM!José Braz Braga

domingo, 17 de maio de 2009

DIA DAS MÃES

“DIA DAS MÃES, ESTE É UM DIA DE SENTIMENTOS E NÃO DE LUCROS!”

Anna Jarvis nasceu em 1864, em Grafton, Virgínia Ocidental, onde viveu e cresceu, era uma linda jovem. Ao sair da Faculdade, em 1883, trabalhou como professora. Alguns anos depois, mudou-se para Filadélfia onde passou a residir em companhia de sua mãe e sua irmã caçula, que era cega. No ano de 1905, sofreu muito com a morte de sua mãe. Herdou uma boa herança e passou a ser tutora de sua irmã. Passou longos dias de tristezas e com muitas saudades pela ausência materna, foi nesse clima que passou a se formar em seu intimo a idéia da instituição de um dia consagrado às Mães. Sugeriu a idéia ao prefeito da Filadélfia, este foi o ponto inicial da luta de Anna.A idéia era a homenagem às mães vivas e também as que já tinham partido para o mundo espiritual. Da sua casa ela dirigiu uma das mais fervorosas campanhas , escreveu para governadores, religiosos, parlamentares, clubes, associações, a todos os segmentos sociais. Sua campanha cresceu tanto, que foi convidada a visitar muitas cidades, nas quais distribuía panfletos. A campanha de Anna fez com que no ano de 1914, o Congresso Norte Americano aprovasse a proposta de uma data em homenagens as mães. A vitória de Anna foi quando, o presidente Wilson assinou uma proclamação, recomendando que no segundo domingo de Maio (Data do aniversario da morte da mãe de Ana), fosse comemorado em todo o país “O dia das Mães”. Porém sua luta continuou e viu sua idéia se alastrar pelo mundo.
Ana, mais tarde, porem ficou muito triste de ver sua idéia desvirtuada, e escreveu para inúmeros jornais dizendo: Estão comercializando o dia das Mães! Não era isso que eu pretendia! Esse é um dia de sentimentos e não de lucros!
Neste dia tão especial ao invés de presentes caros; vamos dar uma flor, beijos, abraços, ternura, carinho, afeto, boas palavras, vibrações positivas,bons sentimentos enfim... Que Deus Nosso Pai Amantíssimo, Nosso Mestre Jesus, Nossa Mãe Santíssima A Rosa Mística de Nazaré derramem infinitas bênçãos sobre todas as mães, as que estão presentes e as que já partiram onde quer que elas se encontrem...
Visite a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA
http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837

Saudade

SAUDADE

Á minha mãe


Quantas cidades vi!... Pelas estradas,
Pensava em ti, de caminho a caminho!...
Ansiava chegar ao nosso ninho,
Para beijar-te, enfim, as mãos cansadas...

Voltava ao nosso sitio sem vizinho,
Onde fazia as minhas traquinadas,
Sem esquecer-te as preces de carinho,
Que tenho na memória, resguardadas.

Tudo passou... O tempo corre e avança,
Apenas teu amor me domina a lembrança...
Teus canteiros de flores onde estão?

Vives no Alto Além...Estás, porém comigo,
Quero rever-te em nosso lar antigo,
Na saudade sem fim no coração!...

Antonio Serra Pisicografia Francisco Cândido Xavier

FALSOS PROFETAS

FALSOS PROFETAS Caríssimos, não acrediteis em todos Espíritos, mas provai se os Espíritos  são de Deus, porque muitos são os falsos profe...