domingo, 31 de janeiro de 2010

VAMOS MANTER O EQUILÍBRIO. Diariamente através dos pensamentos emitidos estamos criando, renovando, aprimorando ou destruindo alguma coisa. Cada mente é emissora e receptora e cada qual atrai os que lhe assemelham.Nesta época de festejos carnavalescos, uma multidão de pessoas deixam se envolver por pensamentos libidinosos, bebidas alcoólicas, sexo desenfreado, drogas,músicas e danças sensuais e delirios de toda espécie, tudo isso gera uma enorme quantidade de fluídos deletérios que são lançados na psicosfera que envolve o ambiente, isso por sua vez atrai milhares e milhares de espíritos das sombras em desequilibrio, formando uma simbiose com as pessoas que vibram nessas faixas em tais ambientes, é por isso que nessa época aumentam os desastres, os assassinatos, os roubos, os estupros e os prontos socorro dos hospitais ficam superlotados e o sangue dos bancos não é o suficiente para socorrerem todas as vitimas.
Quando numerosas almas se congregam no círculo de tal ou qual atividade, seus pensamentos se entrelaçam, formando núcleos de foça viva, e cada um recebe seu quinhão.
Numerosas pessoas se reunem para ouvir uma música edificante, fazer uma prece, uma meditação elevada, tudo isso vai refletir na atmosfera purificando-a, trazendo muita paz e equilíbrio e cada qual recerá o seu quinhão de energias positivas.
Mas ao contrario se se reunem para entorpecer seus sentidos através de grandes espetáculos de ilusões, danças libidinosas, cenas de nudez, consumo de bebidas alcoólicas, drogas etc.. vão emitir fluídos deletérios formando uma sombra que vai refletir e contaminar a atmosfera desequilibrando-a e cada qual receberá seu quinhão de enegias negativas.
Neste periodo vamos conservar o nosso espírito em equilibrio, através dos bons pensamentos, para nos mantermos ligados com o Plano Espiritual Superior e recebermos as bençãos de Deus Nosso Pai Amantíssimo.
José Braz Braga Visite a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITA http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837

domingo, 24 de janeiro de 2010

"BEZERRA DE MENEZES"....Sobre o Carnaval.
Nossas palavras, são velhas repetições às vésperas desses folguedos que alguns o fazem ingenuamente, embora alcançando dividas certas, e muitos se atordoam contraindo pesados débitos e terríveis companhias espirituais.
Assim, se você preza o tempo que lhe foi concedido para estudar, aprender, amar, evoluir;
se deseja, aproveitar a bênção dos céus,em sua existência;
busque nesses dias as casas de criancinhas abandonadas, necessitadas de amor
Visite as instituições onde estão abrigados os enfermos , e se não for possível ausentar-se do lar, estude a sua Doutrina de Amor, trabalhe escrevendo cartas consoladoras, fazendo preces cristãs , utilizando o seu tempo no convívio de seus Mentores amigos, que o elucidarão em muitas questões.
Caridade para consigo mesmo, cuidando-se para que esses dias sejam de luz em sua vida, em seu lar, em seu caminho e a renovação um fato certo.
Que a bênção do Pai Celestial conceda a você forças e inspiração para o seu programa nesses dias.
"Bezerra de Menezes"
Psicografia de {Francisco Candido Xavier}
Livros:-Garimpeiros do Além
1985. (p. 112-113)

sábado, 16 de janeiro de 2010

CARNAVAL, MISÉRIA MORAL DA SOCIEDADE.Nehum espírito equilibrado em face do bom senso, que deve presidir a existência das criaturas, pode fazer apologia da loucura generalizada que adormece as consciências nas festas canarvalescas.É lamentável que na época atual, quando novos conhecimentos felicitam a humanidade, mostrando o objetivo sagrado da vida,se verifiquem excessos desta natureza entre sociedades que se dizem civilizadas. Enquanto o trabalho digno e as dores abençoadas, burilam o caráter e os sentimentos, a licensiosidade desses dias, opera nas almas indecisas e necessitadas, animalidades que só com longos aprendizados se fazem desaparecer.Há nesses momentos de indisciplina sentimental, o acesso das forças das trevas nos corações, e as vezes, toda uma existência não basta para reparar os estragos do momento de insãnia.É estranho que governos e administrações, colaborem com isso, enquanto há miseráveis cheios de necessidade e de fome.Seria meritório que se empregassem todas as verbas, na assistência social aos necessitados de pão e abrigo.É incontestável, que a sociedade tem seu livre arbitrio, mas enquanto houver um mendigo abandonado, exibir superfluos e luxos carnavalescos, ela só poderá oferecer com isto um eloquente atestado de sua miséria moral."Emmanuel" mensagem pisicografada por Francisco Cãndido Xavier Leia esta mensagem na integra, na edição de Janeiro de 2001, pagina 555 e 556, da Revista Internacional de Espiritismo da Editora O ClarimVisitem a comunidade CRISTIANISMO REDIVIVO ESPÍRITAhttp://www.orkut.com/community.aspx?cmm=46699837visualizar o perfil de José Braz: http://www.orkut.com.br/Profile?uid=2350581374963532893&mt=2

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Ano Novo é também renovação de nossa oportunidade de aprender, trabalhar e servir.O tempo, como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para a necessária ascensão Lembra-te de que o ano em retorno é novo dia a convocar-te para execução de velhas promessas, que ainda não tiveste a coragem de cumprir.Se tens inimigo, faze das horas renascer-te o caminho da reconciliação.Se foste ofendido, perdoa, a fim de que o amor te clareie a estrada para frente.Se descansaste em demasia, volve ao arado de tuas obrigações e planta o bem com destemor para a colheita do porvir.Se a tristeza te requisita, esquece-a e procura a alegria serena da consciência feliz no dever bem cumprido.Novo Ano! Novo Dia!Sorri para os que te feriram e busca harmonia com aqueles que te não entenderam Recorda que há mais ignorância que maldade, em torno de teu destino.Não maldigas, nem condenes.Auxilia a acender alguma luz para quem passa ao teu lado, na inquietude da escuridão.Não te desanimes, nem te desconsoles.Cultiva o bom ânimo com os que te visitam, dominados pelo frio do desencanto ou da indiferença.Não te esqueças de que Jesus jamais se desespera conosco e, como que oculto ao nosso lado, paciente e bondoso, repete-nos de hora a hora: - Ama e auxilia sempre.Ajuda aos outros, amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração.EmmanuelLivro Vida e Caminho - Francisco Cândido Xavier

PRIMEIRO LAR ESPIRITA

A IGREJA DO CAMINHO Primeiro Lar Espírita Após a partida do Mestre, deixando à humanidade, como herança divina, o amor que havia der...