quinta-feira, 13 de julho de 2017

PRIMEIRO LAR ESPIRITA

A IGREJA DO CAMINHO
Primeiro Lar Espírita

Após a partida do Mestre, deixando à humanidade, como herança divina, o amor que havia derramado entre os homens, Pedro, sentindo a grande responsabilidade de auxiliar material e espiritualmente a imensa quantidade de enfermos do corpo e da alma, resolveu fundar em Jerusalém o primeiro Lar Espírita a que denominou-Igreja do Caminho-,assim chamada por situar-se à beira da estrada que se dirigia à Belém.
Pedro foi incansável no trabalho cristão, amparando, confortando e curando a todos os necessitados que se achegassem. Ao seu lado encontravam-se João, Felipe, Estevão, Tiago, Nicanor, Prócoro e outros.
Coxos, estropiados, cegos, paralíticos, doentes de toda espécie, uns a pé, outros em maca se transportaram até a Igreja do Caminho, onde os discípulos de Jesus comandados por Pedro os socorriam material e espiritualmente exercendo a verdadeira caridade  ensinada pelo Mestre Jesus: dando de graça o que de graça haviam recebido.
O primeiro Lar Espírita continuou a obra de Jesus praticando o amor cristão suprindo aos necessitados do pão material e do pão espiritual.
Os Centros Espíritas, à semelhança da Igreja do Caminho, cumprem exatamente o que Jesus preconizou, a fim de que amemos ao próximo tanto quanto ele nos amou e, ainda nos ama: distribuindo o pão do corpo e o pão do espírito, este bem mais importante do que aquele, embora, ambos necessários.
Que todos os que se dizem cristãos, pertencentes a qualquer seita ou denominação, procurem na Igreja do Caminho, a Igreja do Cristo, o exemplo, servindo desinteressadamente, dando de graça o que recebeu de Deus.

TEMPLO DO ESPIRITO e Templo Augusto de Deus

O Espiritismo não restringe Deus entre as paredes de um templo da terra, porque a nossa missão é converter toda a terra no Templo Augusto de Deus.
Jesus não nos pede que guardemos altares de matéria perecível, mas sim a guarda do Templo do Espírito.
Sabemos que a harmonia interior não é artigo de oferta e procura nos mercados terrestres, mas aquisição espiritual só acessível no Templo do Espírito.
Não nos basta a crença que espera; indispensável é o amor que confia e atende, transforma e eleva, como vaso legitimo da Sabedoria Divina.
A Divina Lei, não nos concede paraíso de favor, nem estabelece infernos eternos.
Segundo a doutrina espírita, o arrependimento é, porem, caminho para a regeneração e nunca passaporte direto para o céu.
Se o conhecimento auxilia por fora, só o amor socorre por dentro.
O amor emite raios de luz, o ódio arremessa estiletes de treva.
´´Jesus fundou a religião do AMOR UNIVERSAL que os homens dividiram em varias escolas orientadas pelo sectarismo.O ESPIRITISMO EVANGÉLICO, codificado por Kardec é a escola cristã que restaurou as práticas da IGREJA DO CAMINHO, a IGREJA DO CRISTO.``
Escrito em Setembro de 2009 Braz José Hoschette



Nenhum comentário:

Postar um comentário

“A VIDA”, PRIMEIRO DIREITO HUMANO

“A VIDA”, PRIMEIRO DIREITO HUMANO Não matarás. (Livro do Êxodo 20, vers.13) Jesus disse: Não penseis que vim destruir a lei ou os pr...